4.1.07

Campeonato

15.ª jornadaSábado, 16 Dezembro
Juv. Ouriense - Portosantense, 1-2
Gulpilhares - Juv. Viana, 4-3
Paço de Arcos - Física, 6-0
Valongo - Cambra, 2-1

Quarta-feira, 20 Dezembro
Benfica - Óquei Barcelos, 21 horas
FC Porto - Oliveirense, 21 horas
HC Sintra - Candelária, 21 horas

Classificação:
1. FC Porto, 14 jogos / 40 pontos
2. Benfica, 14 / 35
3. Oliveirense, 14 / 30
4. Óquei Barcelos, 14 / 29
5. Juv. Viana, 15 / 22
6. Portosantense, 14 / 22
7. Cambra, 15 / 18
8. Juv. Ouriense, 15 / 17
9. Paço de Arcos, 15 / 15
10. Gulpilhares, 15 / 15
11. Candelária, 14 / 15
12. Valongo, 15 / 14
13. HC Sintra, 13 / 8
14. Física, 15 / 5


Fonte:Record

18.12.06

Um grande em grande

O FC Porto alcançou hoje em Itália uma excelente vitória sobre o actual campeão da Europa, Follonica, por, 7-6, em jogo referente à 2ª jornada do Grupo B, da Liga dos Campeões.
Com este triunfo, os pentacampeões nacionais voltam a entrar na luta no apuramento para a final-four, uma vez que, na ronda inaugural, tinham perdido em Fânzeres, ante o Bassano (1-2). Os dragões chegaram a liderar o marcador por 7-1, permitindo, depois, a reacção dos italianos.

Fonte:Record

Mariano Velasquez recuperado

O Benfica vai contar com o capitão Mariano Velasquez na recepção ao OC Barcelos, na próxima quarta-feira, em jogo da 15ª jornada do Nacional da I Divisão.
O defesa argentino adoeceu – indisposição intestinal – antes da partida com a Física, em Torres Vedras, não tendo participado no triunfo do Benfica, por 6-0. “Senti-me mal, com problemas nos intestinos. Mas já estou recuperado e a treinar”, disse-nos, ontem, Mariano Velasquez.
O Benfica ocupa a 2ª posição, a 5 pontos do líder, FC Porto. Mesmo assim, o capitão benfiquista considera que a carreira no campeonato está a ser positiva. “A equipa ainda não está no seu melhor mas está a caminho. Sinto que estamos mais fortes. O próximo jogo com o OC Barcelos vai servir para avaliarmos o nível em que nos encontramos”, referiu Mariano Velasquez.

Fonte:Record

FC Porto com equipa limitada para embate decisivo

O FC Porto viaja hoje para Itália, onde defronta amanhã o Follonica, em jogo referente à 2.ª jornada do Grupo B da Liga dos Campeões. Mas, para além de ter de se encontrar com o actual campeão da Europa, Franklim Pais, técnico da equipa pentacampeã nacional, debate-se com outra dificuldade: não sabe quantos jogadores tem disponíveis para o encontro.
“Vamos lá ver se tenho sete jogadores. Dez não tenho de certeza”, disse-nos, ontem, o técnico da formação azul e branca.
Esta dúvida surge um dia depois do jogo com a Juventude de Viana, que o FC Porto venceu dificilmente, por 4-3, mas que deixou marcas nos atletas portistas. Segundo Franklim Pais, “houve alguns excessos por parte dos adversários que motivaram lesões em jogadores do FC Porto, nomeadamente, Reinaldo Ventura, Pedro Moreira e Reinaldo Garcia”.

Fonte:Record

Campeonato

14.ª jornadaQuarta-feira (13 Dezembro)
Óquei Barcelos - Juventude Ouriense, 9-4
Portosantense - Valongo, 4-0
Cambra - Gulpilhares, 3-2
Juventude Viana - FC Porto, 3-4
Oliveirense - HC Sintra, 6-2
Candelária - Paço de Arcos, 2-3
Física - Benfica, 0-6

Classificação:
1. FC Porto, 14 jogos / 40 pontos
2. Benfica, 14 / 35
3. Oliveirense, 14 / 30
4. Óquei Barcelos, 14 / 29
5. Juv. Viana, 14 / 22
6. Portosantense, 13 / 19
7. Cambra, 14 / 18
8. Juv. Ouriense, 14 / 17
9. Candelária, 14 / 15
10. Gulpilhares, 14 / 12
11. Paço de Arcos, 14 / 12
12. Valongo, 14 / 11
13. HC Sintra, 13 / 8
14. Física , 14 / 5

15.ª jornada (16 Dezembro)
Benfica - Óquei Barcelos
Juv. Ouriense - Portosantense
Valongo - Cambra
Gulpilhares - Juv. Viana
FC Porto - Oliveirense
HC Sintra - Candelária
Paço de Arcos - Física

Fonte:Record

Mais 3 pontos

O FC Porto derrotou a Juv. Viana, por 4-3, mas foi a equipa da casa a entrar melhor na partida, chegando rapidamente junto da baliza dos dragões. Atento à superioridade dos atletas de Viana estava Franklim Pais que, logo nos primeiros três minutos, solicitou um minuto para alertar os seus jogadores.
Aos 14 minutos, Filipe Santos aproveitou uma atrapalhação na área da Juventude para fazer o primeiro e único golo do 1.º tempo.

Na 2.ª parte os minhotos voltaram a entrar mais forte e foi com naturalidade que aos dois minutos empataram, por André Azevedo. Entusiasmada com o golo da igualdade, a Juventude de Viana começava a dominar o jogo e aos 33 minutos, na conversão de um livre directo, Tiago Barbosa fez o segundo para os locais.
A partir do 2.º golo da Juv. Viana a dupla de arbitragem do Porto começou a fazer tudo mal. Manuel Fernandes e José Pinto, de uma assentada, expulsaram com cartão vermelho directo André Azevedo, Tiago Barbosa e o treinador Rui Neto.
Com a equipa da casa enfraquecida, o FC Porto aproveitou bem e Reinaldo Garcia empatou aos 39’. Ricardo Figueira aos 40’ e Jorge Silva aos 46’ fecharam o resultado.
O jogo esteve interrompido largos minutos, havendo a necessidade de a PSP local retirar alguns adeptos do FC Porto para fora do pavilhão.

Fonte:Record

6.12.06

Campeonato

12.ª jornada
Sábado, 2 Dez

AE Física - Oliveirense, 2-7
Paço D´Arcos - Juventude Viana, 4-4
HC Sintra - Cambra, 3-3
Valongo - Juventude Ouriense, 2-4

Terça-feira, 5 Dez
Benfica - Candelária, 9-0
FC Porto - Portosantense, 9-4
Gulpilhares-Óquei Barcelos, 2-1

Classificação:
1. FC Porto, 34 pontos / 12 jogos
2. Benfica, 29 / 12
3. Oliveirense, 24 / 12
4. Óquei Barcelos, 23 / 12
5. Juv. Viana, 19 / 12
6. Juv. Ouriense, 17 / 12
7. Cambra, 15 / 12
8. Portossantense, 13 / 11
9. Gulpilhares, 12 / 12
10. Candelária, 12 / 12
11. Valongo, 11 / 12
12. Paço de Arcos, 9 / 12
13. HC Sintra, 8 / 12
14. Física, 5 / 12

13.ª jornada (9 Dez)
Candelária - AE Física
Oliveirense - Paço D´Arcos
Juventude Viana - HC Sintra
Cambra - FC Porto
Portosantense - Gulpilhares
Óquei Barcelos - Valongo
Juventude Ouriense - Benfica

Fonte:Record

Prova dos 9

Tanto o comandante do campeonato FC Porto como o vice líder Benfica marcaram 9 golos a formações insulares na 12.ª jornada do Nacional, mantendo com tais vitórias expressivas as respectivas posições na tabela.
Assim, os dragões receberam e bateram o Portosantense, da Madeira, por 9-3, enquanto as águias fizeram o mesmo, por 9-0, aos açorianos do Candelária.

Fonte:Record

Reinaldo Ventura

Reinaldo Ventura recorreu à sua famosa meia-distância para garantir o triunfo dos dragões
O FC Porto bateu ontem, fora, o OC Barcelos por 3-2, em jogo da 11.ª jornada. Tratou-se de uma partida emotiva do primeiro ao último minuto, face à incerteza quanto ao resultado, já que só a 20 segundos do final foi encontrado o vencedor.

O OC Barcelos dominou os primeiros 25 minutos, chegando aos 2-0. O marcador foi inaugurado por Nuno Félix aos 8 minutos, com Caio a dar seguimento aos 15. Os dragões ainda conseguiram reduzir mesmo em cima do intervalo, por intermédio de Jorge Silva.
A segunda parte registou a reacção natural do líder do Campeonato, que soube explorar o facto de a arbitragem ter permitido permitiu algum jogo viril e beneficiando ainda de duas grandes penalidades, sendo que apenas uma foi aproveitada por Reinaldo Ventura (2-2), aos 10 m.

Fonte:Record

16.11.06

Campeonato

Resultados (8.ª jornada):
Juventude Viana - Benfica, 1-2
Oliveirense - Cambra, 5-1
Física - Óquei Barcelos, 2-5
Paço D´Arcos - Ouriense, 2-3
HC Sintra - Valongo, 2-2
FC Porto - Gulpilhares, 6-1
Candelária - Portosantense, 1-1

Classificação:
1. FC Porto, 8 jogos/22 pontos
2. Oliveirense, 8/19
3. Benfica, 8/17
4. Óquei Barcelos, 8/17
5. Portosantense, 8/12
6. Valongo, 8/11
7. Juventude Viana, 8/11
8. Ouriense, 8/10
9. Candelária, 8/10
10. Cambra, 8/10
11. HC Sintra, 8/7
12. Paço D´Arcos, 8/5
13. Gulpilhares, 8/5
14. Física, 8/1

9.ª jornada:
Juventude Viana - Oliveirense
Cambra - Candelária
Portosantense - AE Física
Óquei Barcelos - Paço D´Arcos
Juventude Ouriense - HC Sintra
Valongo - FC Porto
Benfica - Gulpilhares

Fonte:Record

Mais 3 pontos

O FC Porto manteve-se hoje firme na liderança do campeonato de hóquei em patins, ao golear (6-1) na recepção ao Gulpilhares, o resultado mais desnivelado da 8.ª jornada da competição.
O clube portuense deu uma clara demonstração de superioridade, mas os perseguidores também não vacilaram: Oliveirense, Benfica e Óquei de Barcelos impuseram-se, com maior ou menos dificuldade, e continuam a manter o comandante sob pressão.
A equipa de Oliveira de Azeméis, 2.ª classificada, a três pontos do FC Porto, "despachou" em casa o Cambra por 5-1, mas o Benfica deparou-se com forte oposição por parte do Juventude de Viana, vencendo por tangencial 2-1 no pavilhão do adversário.

Fonte:Record

12.11.06

Campeonato

7ªJornada
Benfica - FC Porto, 1-1
Cambra - Juventude Viana, 2-2
Ouriense - Física, 3-2
Gulpilhares - HC Sintra, 3-6
Valongo - Paço D´Arcos, 2-1
Portosantense - Oliveirense, 3-3
Óquei Barcelos - Candelária, 8-2

Classificação:
1. FC Porto, 7 jogos/19 pontos
2. Oliveirense, 7/16
3. Benfica, 7/14
4. Ÿquei Barcelos, 7/14
5. Juventude Viana, 7/11
6. Portosantense, 7/11
7. Valongo, 7/10
8. Cambra, 7/10
9. Candelária, 7/9
10. Ouriense, 7/7
11. HC Sintra, 6/6
12. Gulpilhares, 7/5
13. Paço D´Arcos, 8/5
14. Física, 7/1

8ªJornada:
Quarta-feira, 15 Nov:
Juventude Viana - Benfica, 21:00
Oliveirense - Cambra, 21:00
Física - Óquei Barcelos, 21:00
Paço D´Arcos - Ouriense, 21:00
HC Sintra - Valongo, 21:00
FC Porto - Gulpilhares, 21:00
Candelária - Portosantense, 22:00 (21:00 locais)

Fonte:Record

Clássico(Benfica-FC Porto) acaba empatado 1-1

Benfica e FC Porto empataram (1-1), em jogo da 7.ª jornada do campeonato nacional da 1.ª divisão, disputado esta tarde no Pavilhão Açoreana Seguros, na Luz.
Na partida mais importante desta ronda, águias e dragões voltaram a empatar tal como já tinha sucedido no primeiro jogo entre estas duas equipas nesta temporada, realizado em Luanda, a contar para o Mundial de Clubes.
Na visita à Luz, os azuis e brancos procuravam manter o pleno de vitórias na prova, mas o Benfica entrou melhor, dominou a primeira parte e saiu com uma vantagem justa para o intervalo (1-0). Tó Silva abriu o marcador, junto à área portista a passe do argentino Mariano Velásquez.
Na segunda metade, com o técnico Franklim Pais a fazer rodar a equipa - entraram Jorge Silva, Pedro Moreira e Ricardo Figueira -, o cariz do jogo mudou, com Pedro Moreira a apontar a igualdade nos primeiros minutos do reatamento.
Num jogo sem grande incidentes, o momento "quente" na partida da Luz, foi nos instantes finais quando Tó Silva queixou-se de uma falta, para livre directo, mas a que a dupla de arbitragem não atendeu, originando um sururu.

Fonte:Record

Clássico

Benfica e FC Porto voltam a encontrar-se esta época, agora, com o Pavilhão Açoreana Seguros, na Luz, como palco, depois de, em Luanda, se terem defrontado para o Mundial de Clubes.
O “duelo” de hoje, agendado para as 17 horas e que merece honras de transmissão televisiva (2:), constitui a partida mais importante da 7.ª jornada do Campeonato Nacional da I Divisão.
Em Angola o resultado final saldou-se por um empate (1-1), após uma excelente exibição de ambas as equipas que proporcionaram um grande espectáculo no Pavilhão da Cidadela, em Luanda. Curiosamente, os autores dos golos podem falhar a partida de hoje à tarde. Pedro Gil, o avançado espanhol ao serviço do FC Porto, lesionado na partida frente ao Sintra, na passada quarta-feira, é ausência confirmada na equipa de Franklim Pais. Carlos Dantas, por seu turno, só hoje à hora do jogo sabe se pode contar com Tó Silva.

Fonte:Record

P.Gil em dúvida para o jogo com o Benfica

A grande dúvida de Franklim Pais, treinador do FC Porto, tendo em vista o jogo com o Benfica, reside na utilização do internacional espanhol Pedro Gil, que quarta-feira se lesionou no joelho na partida do Nacional frente ao HC Sintra e ainda fará exames médicos.
Enquanto mão conhece o veredicto, o técnico portista considera o encontro com o Benfica como um "jogo normal" e no qual o FC Porto "tem o objectivo de vencer".
Os "dragões" lideram o Nacional apenas com vitórias, somando 18 pontos em seis jogos, e na Luz a ideia é manter a invencibilidade, num jogo em que Franklim Pais já poderá contar com o argentino Reinaldo Garcia, depois deste ter cumprido castigo.
"Um resultado positivo é a vitória", sublinhou o técnico, que aproveitou para lançar críticas ao novo sistema de castigos, afirmando ser difícil gerir plantéis curtos, com jogos ao fim-de-semana e a meio da semana.

Fonte:Record

Campeonato

6.ª jornada
Juventude Viana - Portosantense, 6-4
Oliveirense - Óquei Barcelos, 6-0
HC Sintra - FC Porto, 2-3
Cambra - Benfica, 1-6
AE Física - Valongo, 1-7
Paço D´Arcos - Gulpilhares, 4-4
Juventude Ouriense - Candelária, quinta-feira (inversão de jornada)

Classificação
1. FC Porto, 18 pontos / 6 jogos
2. Oliveirense, 15 / 6
3. Benfica, 13 / 6
4. Óquei Barcelos, 11 / 6
5. Juventude Viana, 10 / 6
6. Portosantense, 10 / 6
7. Candelária, 9 / 5
8. Cambra, 9 / 6
9. Valongo, 7 / 6
10. Gulpilhares, 5 / 6
11. Paço de Arcos, 5 / 7
12. HC Sintra, 3 / 5
13. Ouriense, 1 / 5
14. Física, 1 / 6

7.ª jornada (11 Novembro)
Cambra - Juventude Viana
Portosantense - Oliveirense
Óquei Barcelos - Candelária
Juventude Ouriense - Física
Valongo - Paço de Arcos
Gulpilhares - HC Sintra
Benfica - FC Porto

Fonte:Record

Jogo dificil para os dragões

“Um jogo tremendamente difícil”. Foi assim que Franklim Pais classificou a deslocação a Sintra, onde o FC Porto derrotou os locais por 3-2 na 6.ª jornada do Nacional da I Divisão.
De facto, foram os anfitriões a inaugurar o marcador aos 4 minutos, através de Pedro Ramos, na recarga de um remate de Carlos Godinho.
O conjunto orientado temporariamente por André Gil foi para o período de descanso com a vantagem no marcador e com um livre directo por assinalar, mas os erros da equipa de arbitragem não ficariam por aqui.
No segundo tempo o jogo tornou-se mais quezilento. Um FC Porto ansioso pelo golo reflectia-se na dureza das jogadas. E, a abrir, houve uma gancheta de Edo Bosch a André Pereira que os árbitros simplesmente não quiseram ver.
Protestavam ainda os locais quando Ricardo Figueira, num remate de meia-distância restabeleceu a igualdade.
Os dragões ficaram mais confiantes e pressionavam Pedro Alegria, que defendia “quase” tudo. Pedro Moreira conseguiu surpreendê-lo e colocar os azuis em vantagem.
O favoritismo azul no marcador foi sol de pouca dura. O jovem conjunto de Sintra insistiu e Pedro Ramos voltou a empatar o jogo.
Sem Pedro Gil, que entretanto saíra lesionado no joelho direito, o FC Porto teve de “andar atrás”. E foi feliz na demanda. Após alguns lances muito contestados pelos da casa, conseguiu, a 30 segundos do fim, uma grande penalidade que Reinaldo Ventura não perdoou.

Fonte:Record

2.11.06

Pedimos desculpas pela longa interrupção que houve devido a falhas técnicas.
A partir de hoje voltaremos a expor todas as noticias sobre o nosso principal escalão de hoquei em patins a nível nacional
Os nossos melhores cumprimentos,obrigado.

21.10.06

Guardião da Juv.Viana em dúvida devido a lesão

O guardião do Juventude Viana, Ricardo Silva, está em dúvida para o encontro de hoje, em Barcelos, com o Viareggio para a Liga dos Campeões, devido a lesão no joelho.

Fonte:Record

Juv.Viana empata com Gulpilhares(2-2)

A Juventude de Viana consentiu, ontem, um empate caseiro (2-2) ante o Gulpilhares, no encontro que encerrava a 2.ª jornada do Campeonato Nacional da I Divisão.
Apesar da maior iniciativa atacante e do domínio global, a equipa anfitriã nunca conseguiu traduzir o volume de oportunidades criadas em golos e foi mesmo o Gulpilhares a inaugurar o marcador aos 21 minutos, por Vasco Ferreira. Aos 24, João Banza empatou de grande penalidade.
No segundo tempo, o embate manteve as características, com os minhotos a chegarem à vantagem aos 12 minutos, igualmente na transformação de um castigo máximo, desta feita por André Azevedo. A Juventude manteve o ritmo e tentou aumentar o “score”. No entanto, André Pinto estabeleceu o empate final a 3 minutos do final.
Na globalidade, um mau ensaio para os vianenses, que amanhã recebem o Viareggio na 2.ª mão da pré-eliminatória da Liga dos Campeões, tendo de anular a derrota (3-1) averbada em Itália.

Fonte:Record

Paulo Baptista:"Ninguém tem lugar cativo"

Na antevisão do 1º estágio de observação
O seleccionador nacional de hóquei em patins alertou hoje para a "inexistência de lugares cativos" na equipa para o Campeonato do Mundo da modalidade, em Junho de 2007, na Suíça. Em declarações à Agência Lusa, na antevisão ao primeiro estágio de observação, Paulo Baptista explicou estar preocupado com a posição de guarda-redes e revelou que dos 15 convocados estará grande parte dos jogadores seleccionados presentes na competição.
"O nosso trabalho sempre foi de longo prazo. Além disso, convocar estes jogadores, significa que todos têm a possibilidade de trabalhar e mostrar valor. Queremos uma selecção dinâmica e não estática", disse o responsável técnico."
O guarda-redes médio espanhol é superior ao médio português e isso tem de mudar. Há uma crise no sector, mas vamos trabalhar, de forma a atenuá-la", revelou Baptista preocupado com a situação .
Exigiu ainda que não repitam as manobras de calendário - como aconteceu no Europeu de Monza -, mas lembrou que tudo está a ser feito, de novo, em benefício dos espanhóis.
"Para sermos campeões do Mundo, temos de ganhar a todas as equipas. Por isso não percebo por que se tentam acertos nos calendários. Ainda assim, se tudo correr como previsto, Portugal joga com Argentina nas meias-finais e a Espanha com a Itália, que é, teoricamente, a mais fraca das quatro grandes equipas do hóquei em patins", concluiu o seleccionador.

Convocados:
Candelária: Tiago Resende.
Oliveirense: Rui Ribeiro, Diogo Silva e Tiago Sousa.
Física: Ricardo Miranda.
FC Porto: Ricardo Figueira.
Paço de Arcos: Nelson Ribeiro e Gonçalo Suissas.
Benfica: Diogo Rafael e Carlos Martins.
Óquei de Barcelos: Daniel Coelho e Ricardo Oliveira.
Alcoy (Espanha): André Centeno.
Gulpilhares: Alexandre Saraiva e José Braga

Fonte:Record